terça-feira, 16 de novembro de 2010

Penso. . .

Penso. . .
Todo mundo fala o que quer,
do jeito que  quer. . .
Falam muito e assim, me confundem.
Vejo o tempo passando...
Queria ter a opção de esquecer a todos por alguns momentos.
Talvez assim, me sentisse mais forte,  usando apenas minhas forças.
Quero minha liberdade!
Sei que ela está restrita em meu pensamento.
Me vejo preso a ele...
Então, penso e choro, vou ás lágrimas.
Chego a vagar pelos cantos, procurando respostas.
Quem sabe um dia, eu possa fugir dos meus pensamentos!
Mas, e se o que  eu vivi ou  pensei que  vivi, for apenas ilusão?
E se for apenas um pobre devaneio?
Tudo bem! Estarei  vivendo a realidade,
E nela, vou poder te encontrar...
Então, você vai me completar.
Pois te ter só em pensamentos, não me basta.
Já sinto sua falta.

ERO`z.

Um comentário:

  1. Adorei..me indentefiquei com este poema ...muito lindo Parabens

    ResponderExcluir